Voltar | Home / Mídia / acr arquitetura assina projeto do NTO da AFIP

acr arquitetura assina projeto do NTO da AFIP

acr arquitetura assina projeto do NTO da AFIP

12 de setembro de 2018

Há cinco anos a AFIP – Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa está instalada na Avenida Ricardo Jafet, em São Paulo, com sua equipe administrativa em um imóvel de 11 mil metros quadrados.

 

Fundada na década de 1970, a instituição privada, sem fins lucrativos e filantrópica, tem o objetivo de fornecer suporte financeiro para atividades de docência, pesquisa científica e atendimento médico à comunidade, com ênfase no serviço público de saúde.

 

Desde 2013, a AFIP planejava estabelecer seu Núcleo Técnico Operacional nesse mesmo local, porém entraves legais a impediam de colocar a ideia em prática. Depois de algumas tentativas de encontrar uma solução, a instituição contratou a acr arquitetura, que apresentou uma estratégia arquitetônica que finalmente permitiu a viabilização do projeto.

 

A obra da NTO – que ocupará cerca de 5 mil metros quadrados – está prevista para começar em dezembro deste ano. Após sua finalização, a futura Central Técnica e Administrativa da AFIP passará a atender seus clientes – entre eles o Sistema Único de Saúde (SUS) e o Centro de Diagnósticos Brasil (CDB) – em um espaço maior e ainda mais moderno, contendo equipamentos da mais alta tecnologia capazes de suprir o aumenta da nova demanda.

 

NTO: um quebra-cabeça que exige conhecimento específico.

 

Autor do NTO do Grupo Fleury, no bairro paulistano do Jabaquara, e no Shopping Nova América, na cidade do Rio de Janeiro, e de muitos outros como na Beneficência Portuguesa de São Paulo, a acr, antes de fazer o projeto, teve como ponto de partida escutar o cliente e seus colaboradores para entender a rotina do NTO da AFIP.

 

É essencial considerar todos os detalhes técnicos e operacionais e conhecer como cada máquina funciona para montar o “quebra-cabeça”. O NTO tem ainda de contar com uma estrutura física que siga rígidos controles de filtragem, temperatura e umidade, definidos pelas normas da Vigilância Sanitária, e também seguir as exigências técnicas dos equipamentos determinadas pelos fornecedores.

 

Esse espaço técnico necessita também oferecer boas condições de trabalho para o colaborador, alinhando a arquitetura de maneira coesa e funcional para que ele conviva com os equipamentos de forma segura – sentindo-se confortável e valorizado o funcionário tende a produzir mais e melhor.

 

Ambiente da saúde sempre em constante evolução

 

Cabe aqui destacar que a área de saúde é muito dinâmica: novos procedimentos e equipamentos mais eficientes surgem constantemente, sobretudo no que se refere ao NTO. É essencial, então, que o projeto arquitetônico permita ajustes frequentes no layout, possibilitando que mudanças ou expansões ocorram de maneira ágil e limpa.

 

E, para criar um projeto de vanguarda e funcional, é preciso estar sempre de olho na intensa movimentação do setor, mantendo-se atualizado nos quesitos saúde, tecnologia, arquitetura e construção civil.

 

Top