Voltar | Home / Mídia / Projeto arquitetônico saindo do papel. A nova sede da Unimed, na cidade de Santos, começa a ser construída.

Projeto arquitetônico saindo do papel. A nova sede da Unimed, na cidade de Santos, começa a ser construída.

Projeto arquitetônico saindo do papel. A nova sede da Unimed, na cidade de Santos, começa a ser construída.

17 de agosto de 2018

A partir de setembro, a população santista poderá acompanhar de perto a obra do moderno edifício de sete andares que abrigará um pronto atendimento, um ambulatório de especialidades, um centro de diagnósticos e outro de quimioterapia, e serviços de day hospital da Unimed, com cerca de 10.000m² de área total. A obra já começou, toda a escavação foi concluída e as fundações estão bastante avançadas, em setembro deve ser concretada a primeira laje.

 

Localizado no bairro Vila Matias, o novo endereço da conceituada empresa de medicina hospitalar apresentará conceitos arquitetônicos inovadores de sustentabilidade e eficiência, em projeto assinado pela acr arquitetura.

 

A dimensão e a forma do terreno foram os grandes desafios enfrentados pelo escritório de arquitetura, que usou de estratégias criativas de design para criar a nova sede da Unimed.

 

Fluxo operacional pensado para melhorar a experiência do paciente.

No térreo, haverá área coberta para embarque e desembarque de clientes e duas rampas – entrada e saída – de acesso ao subsolo. O ingresso de ambulâncias, funcionários e fornecedores será feito por outra rua, nos fundos do edifício, garantindo que não haja conflito de fluxos operacionais.

 

O pronto atendimento funcionará no térreo e no mezanino com entrada independente de pedestres. Contará com 16 leitos de observação para adultos e 9 infantis, além de raios-x e sala para aplicação de medicamentos, curativos e gesso. Ainda no térreo, ficará o setor para atendimento de emergências, também com acesso exclusivo e capacidade para 4 leitos, uma sala para pequenos procedimentos e um quarto de isolamento.

 

O centro de diagnósticos por imagem, no 1º pavimento, oferecerá exames de ressonância magnética, tomografia computadorizada e ultrassom, além de um setor de cardiologia e outro dedicado ao público feminino.

 

A área de análises clínicas – que terá salas para coletas ginecológicas, espaços destinados ao público infantil e salas para provas funcionais e de eletrocardiograma – dividirá o 2º pavimento com o setor de quimioterapia. Este apresentará leitos destinados aos tratamentos com longa duração e poltronas destinadas aos tratamentos de curta duração.

 

Projeto arquitetônico visa à agilidade de atendimento.

O ambulatório de especialidades, instalado no 3º andar, terá consultórios, salas especiais para exames ginecológicos e para pacientes com mobilidade reduzida, além de aplicação de vacinas.

 

Já o 4º piso receberá o setor de reabilitação física, o auditório e a área destinada aos médicos. Esta terá uma sala de descanso e vestiários de barreira conectados ao pavimento superior, onde ficará o Day Hospital, 3 salas cirúrgicas e 13 leitos em apartamentos simples e duplos.

 

No penúltimo andar está previsto um espaço para café para atender pacientes e familiares e uma área destinada aos colaboradores, além de outros setores de apoio à unidade. No último, terá espaço para futura expansão dos serviços, com um belo terraço e vista panorâmica para a cidade. Esse é o projeto, acompanhem!

 

 

Top