Voltar | Home / Mídia / A relação entre arquiteto e cliente

A relação entre arquiteto e cliente

A relação entre arquiteto e cliente

31 de agosto de 2017

Um projeto arquitetônico de qualidade sempre é fruto do bom entendimento e cooperação entre o cliente e o profissional de arquitetura. Já nos primeiros contatos são dados importantes passos para a definição do projeto, devendo ser estabelecida entre as partes uma relação de empatia e confiança, itens fundamentais na prestação de serviços.

 

Os projetos ficam sempre melhores se elaborados a quatro mãos

 

Muitas vezes são necessárias várias reuniões de trabalho para elaboração de um briefing claro, que corresponda às necessidades funcionais, estéticas e financeiras do cliente. Um briefing mal realizado pode ocasionar erros de conceito e resultar num projeto que não atenda as expectativas. Nessas reuniões iniciais são estabelecidas regras que nortearão as relações de trabalho. O arquiteto não é simplesmente um desenhista das ideias do cliente, pois é de sua responsabilidade deixar clara a complexidade do trabalho e explicar a importância de questões como o projeto executivo, o papel dos memoriais, a discussão de programa e os parâmetros de custos, por exemplo. Assim, o arquiteto estará colaborando com seu conhecimento multidisciplinar e técnico para o sucesso da parceria e satisfação final do cliente.

Como o arquiteto é o especialista que convive com o cliente durante todo o desenvolvimento do trabalho, tanto os problemas quanto as possíveis soluções criativas e inovadoras devem ser apresentadas e conversadas de maneira franca e aberta http://www.acr.arq.br/blog/criatividade-e-inovacao-na-arquitetura. Independentemente do segmento, tamanho ou abrangência, os projetos ficam sempre melhores se elaborados a quatro mãos, as do arquiteto e as do cliente, que deve ser ouvido e respeitado como parte fundamental para o sucesso do trabalho.

 

Confiança e o diálogo são as chaves do sucesso.

 

Divergências de opinião são normais, pois muitas vezes o sonho do cliente está em desacordo com a experiência prática e técnica do arquiteto. Nesse caso, mais uma vez o diálogo é a saída adequada para se encontrar o melhor caminho para a execução do trabalho.

O arquiteto interpreta e traduz solicitações, dando forma aos desejos através de soluções arquitetônicas adequadas e criativas. É ele quem apresenta materiais inovadores, técnicas construtivas, alerta para desperdícios de mão-de-obra e escolha criteriosa dos materiais, dá atenção aos detalhes – o que evita quebra e reconstrução-, orienta futuras escolhas e zela para que o resultado final da obra atenda ao cliente como planejado. Também é ele quem indica e se responsabiliza pelos fornecedores e pela mão de obra, se posicionando como um verdadeiro parceiro estratégico para o negócio do cliente no cumprimento dos prazos e orçamento. http://www.acr.arq.br/blog/o-arquiteto-como-parceiro-estrategico .

 

A acr arquitetura e seus clientes

 

A acr faz questão de ter um olhar diferenciado para cada um de seus clientes de diferentes segmentos de arquitetura- hospitalar, escolar ou de varejo-, que recebem, sempre dentro das suas características, atendimento especial e dedicado. Prova desse bom trabalho que muito orgulha a acr arquitetura são clientes de muitos anos, como por exemplo, mais de 20 anos de parceria com o Fleury Medicina e Saúde, toda a rede do dr.consulta, Salomão Zoppi Diagnósticos e tantos outros.

 

 

 

Top