Fleury – Centro Diagnóstico Inovador

Voltar | Home / Cases / Fleury – Centro Diagnóstico Inovador

O Fleury nos desafiou a desenvolver um novo produto, um Centro Diagnóstico inovador em atendimento e com equipamentos de última geração e dentro do novo conceito estabelecido pelo branding da marca, desenvolvido conceitualmente pela GAD Design. O branding mudaria até o logotipo da marca:

00ab127f9d56a14aa89ed601d5c08457c68-cms.gad.com.br

O projeto era complexo com programas e soluções que nunca haviam sido testados e pleiteando a certificação LEED Platinum Core and Shell.

Desafio 01: o espaço

Ocupar um edifício existente e projetado para espaços corporativos em “open space” e adaptá-lo para um Centro Diagnóstico totalmente compartimentado, com características tão peculiares como controle de vibração, excesso de peso, blindagem radiológica, magnética e eletroestática, pré-requisitos exigentes em matéria de segurança e normas especificas na área de saúde.

58Foram necessárias muitas interferências como: construir uma laje flutuante para neutralizar a vibração que o equipamento de Ressonância Magnética não permitia; construir um mezanino técnico para abrigar os estabilizadores, CPD e equipamentos de ar condicionado; furar uma laje protendida para instalar um elevador privativo; instalar geradores e construir uma central de ar condicionado própria, que atendesse a eficiência requerida pela certificação de sustentabilidade.

O edifício tem um formato triangular e começamos o projeto estudando os acessos, a setorização e a circulação.

 

Desafio 02: a certificação

A categoria que mais gera pontos para a certificação é a economia energética, no entanto, na área da saúde diagnóstica existem equipamentos que consomem muita energia.

Para viabilizar o índice de economia energética, projetamos 90% da iluminação em LED. O ar condicionado foi automatizado e utilizamos equipamentos com certificação Energy Star, além de motores de alta eficiência e desempenho.

leed

Desafio 03: o design

A unidade foi a primeira a ser concebida com o conceito do novo branding.

01

Isto ficou evidente no desenho dos móveis e da arquitetura, na iluminação e comunicação visual.  O lobby é a primeira impressão que o cliente tem de uma empresa. O pé direito antes com 11 metros de altura, era impessoal demais, então rebaixamos. Optou-se por rebaixá-lo para 9 metros, altura que manteve a imponência, porém de forma mais agradável. Elaboramos um jogo dinâmico de volumes retro iluminados em algumas paredes para apresentar a marca do Fleury com elegância e suavidade. Foram inseridos alguns dos valores da empresa, como a árvore do conhecimento, o café amigável e o atendimento personalizado, nas ilhas de atendimento e lounges de espera.

02 03 04

Os inúmeros corredores transformaram-se em espaços sensoriais com texturas, volumetria e luz, pois o ambiente é onde uma marca se traduz de maneira mais efetiva e o projeto de arquitetura e design de interiores deve reforçar e potencializar as premissas pelas quais a empresa é associada.

08

Foram utilizados forros de madeira marcando as salas de espera no teto, que passaram a ter uma atmosfera de lounge com algumas cadeiras giratórias e forma mais orgânica e menos geométrica.

BRAZ-LEME-4

A unidade quando finalizada tinha uma forte personalidade, representava os valores da empresa e correspondeu ao branding da marca. Ela se tornou o ponto de referência para o retrofit de toda a rede.


Cliente: Fleury Medicina e Saúde

Projeto: Unidade Ponte Estaiada

Local: São Paulo – SP

Área: 3.000,00m²

Ano: 2013

Top